14.04.2018

Vós sois a minha Carta

de Ir. Gretelmaria Wolff

Motivações pelo Ano do Padre Kentenich

“Temos, acaso, como alguns, necessidade de vos apresentar ou receber de vós carta de recomendação? Vós mesmos sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens. Não há dúvida de que vós sois uma carta de Cristo, redigida por nosso ministério e escrita, não com tinta, mas com o Espírito de Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne, isto é, em vossos corações.” (3 Cor,3)

Estas palavras de São Paulo dão o tom fundamental para a homilia do Bispo, Dom Tenhumberg, em 20 de setembro de 1968, no funeral do Padre Kentenich na Igreja da Adoração no Monte Schoenstatt.

“Vós sois minha carta …” Imaginamos que nosso Fundador, 50 anos após sua partida, a partir da eternidade, nos dirige estas palavras. Nós devemos ser sua carta. Mas, ele escreveu muitas cartas autênticas “em corações vivos”. Podemos ler aqui,  seis cartas, testemunhos da vida influenciadas pelo vínculo com ele, o Pai da Família de Schoenstatt. Cartas que de muitas maneiras refletem o ideal da santidade na vida diária, como ele nos ensina.

Vós sois a minha Carta – 01

Vós sois a minha Carta – 02

Vós sois a minha Carta – 03

Vós sois a minha Carta – 05

Vós sois a minha Carta – 06