“Com um pedaço de gelo não se acende fogo.”

(Padre José Kentenich)

Só pode inflamar outras pessoas, quem está interiormente inflamado por Deus.

Nós também transmitimos mutuamente a chama: vivenciar comunidade e carregar juntos nos concede lar e forças nos desafios da vida diária.

A vida das Irmãs de Maria de Schoenstatt é:

  • uma vida apostólica
  • uma vida de oração
  • uma vida comunitária familiar.

Uma vida apostólica

Apostolado

Somos enviadas!

Como os apóstolos, somos portadoras de uma missão.

Tudo o que fazemos tem um cunho apostólico: queremos conduzir as pessoas a Deus e fazer-lhes o bem.

Trabalhar, rezar, estar enferma, recuperar-se, dialogar, encontrar alguém pelos caminhos… Em tudo isso arde uma chama. Nossa oração e o sacrifício também podem alcançar as pessoas que, de outro modo, parecem inatingíveis.

A atuação no Movimento Apostólico de Schoenstatt faz parte da tarefa central do nosso Instituto. Essa atividade é realizada por um grupo de Irmãs, em mútua colaboração com outras comunidades. Elas se dedicam a  servir a vida, a vocação cristã de cada pessoa e dedicam-se para capacitá-las também para o apostolado.

Nós também realizamos projetos comunitários: por exemplo, em Centros de Schoenstatt, escolas de ensino fundamental e médio, escolas de educação infantil, hospitais…

“Devemos viver como redimidos…

A vida dos cristão é única Bíblia que as pessoas de hoje leem.”

(Padre José Kentenich)

Alguns campos de trabalho

A serviço do Movimento Apostólico de Schoenstatt

Como Irmãs de Maria, fomos fundadas para inspirar e servir o Movimento Apostólico de Schoenstatt.

A serviço da educação

Ser Irmã de Maria de Schoenstatt significa ser educadora. Padre José Kentenich fundou a nossa comunidade como portadoras de um movimento de educação.

Área social

Como Irmãs de Maria de Schoenstatt, colaboramos para a restauração da dignidade humana, a partir de suas diferentes realidades. Para isso, empreendemos diversas iniciativas e projetos sociais.

A servico da saúde

Como Maria, queremos servir a Deus e às pessoas. Na área da saúde é essencial esse serviço. Cuidar, ajudar, curar: acompanhamos as pessoas, em suas limitações e fragilidades, e compartilhamos com elas esse momento difícil da vida.

Em diversas tarefas a serviço da Igreja e da sociedade

Como Instituto Secular das Irmãs de Maria de Schoenstatt realizamos a nossa missão nas mais variadas áreas, tarefas e profissões, nas quais, como mulheres, podemos dar uma contribuição para a Igreja e a sociedade.

 

Uma vida de oração

Oração

A oração é diálogo com Deus: a escuta, comunicação e abertura ao seu Espírito.

A nossa vocação apostólica, que nos leva a descobrir Deus em todo o lugar, em cada pessoa, em todas as coisas e acontecimentos, confere um cunho particular à nossa oração. Aprendemos a descobrir os pequenos e grandes sinais de Deus e a nos deixarmos orientar por eles.

“O amor deve ser cultivado.” (Padre José Kentenich)

O relacionamento com Deus exige tempos e espaços de concentração e dedicação exclusiva a ele. Estes momentos diários, de oração comunitária e pessoal, de meditação, silêncio e recolhimento, são irrenunciáveis; eles perpassam todo o nosso dia e nosso ritmo de trabalho.

Todos os meses, dedicamos algumas horas à reflexão sobre a nossa vida espiritual. O retiro anual de cinco dias é igualmente para nós um momento importante de renovação espiritual.

O apostolado só é fecundo quando é acompanhado pela oração:

“Uma nova Evangelização… deve começar sempre pela oração, pela súplica pelo fogo do Espírito Santo, como fizeram os Apóstolos, no Cenáculo… Sem a oração, nossa atuação é vã e nosso anúncio não tem alma, não é animado pelo Espírito.” (Papa Francisco)

Além da dimensão apostólica, na nossa comunidade também existe, desde o início, um Ramo Contemplativo. O círculo das Irmãs Adoradoras dedica-se em tempo integral à oração e à adoração. As Irmãs Adoradoras rezam em comum o Ofício Divino e fazem adoração eucarística. Elas rezam, em nome de toda a Família, nas intenções de Schoenstatt, da Igreja e da humanidade.

Uma vida comunitária familiar

Família

Nós somos Família. Isso caracteriza nossa vida diária.

Um grande número das Irmãs vive em pequenas ou grandes comunidades filiais. Vivemos e trabalhamos comunitariamente e nos reunimos para as refeições. Rezamos juntas e, regularmente, temos momentos de partilha espiritual, para os quais cada uma contribui com sua originalidade e suas capacidades. É importante, para nós, criar um clima comunitário de alegria e benevolência. Ser Família é uma tarefa permanente. Isso também proporciona forças e um lar, o que nos causa alegria.

Flexibilidade

Algumas Irmãs de Maria vivem sozinhas, para melhor corresponderem às exigências do seu apostolado ou trabalho profissional. Elas são “externas”, mas permanecem vinculadas a uma comunidade filial, que visitam periodicamente, a fim de participar na vida da Família. A capacidade de adaptação as diversas exigências e situações externas, confere ao nosso Instituto a flexibilidade, que atualmente significa um grande valor.

Dom e tarefa

A nossa vida familiar é dom e tarefa, frente à mentalidade individualista atual. A crescente tendência à uniformização e ao nivelamento nos desafia a desdobrar a nossa personalidade. Por isso, a visão de uma nova personalidade em uma nova comunidade, que nosso Fundador nos legou, constitui o cerne da nossa missão. Padre Kentenich desejava formar personalidades autênticas, integradas numa comunidade, fundada no amor e vinculada a ideais comuns. Este ideal será sempre para nós: dom e tarefa!