07.07.2020

Nomeação de uma nova Comissão de historiadores

de Treves/Vallendar-Schoenstatt

A Diocese de Treves/Alemanha vai estabelecer uma nova Comissão de historiadores para o processo de beatificação do Pe. José Kentenich, a qual terá a tarefa especial de “reunir todos os documentos, agora acessíveis do Arquivo do Vaticano que de alguma forma dizem respeito a este processo de beatificação, e avaliar a sua importância”. Isto é o que diz um esclarecimento da Diocese de Treves, publicado hoje, após uma reunião entre o Bispo Dr. Stephan Ackermann, o Dr. Georg Holkenbrink, Delegado Episcopal para Assuntos Oficiais de Treves, e representantes do Movimento Internacional de Schoenstatt. O Movimento de Schoenstatt expressa sua satisfação com este passo, confiando que, desta forma, chegar-se-á, o quanto antes, a uma transparência e clareza quanto à pessoa, a vida e a obra do seu fundador. Nota de imprensa da Diocese de Treves/Alemanha

 

7 de julho de 2020.

Processo de Beatificação Kentenich: Avaliar o material recentemente encontrado

Bispo Ackermann anuncia a nomeação de uma nova comissão de historiadores

Treves/Vallendar-Schoenstatt – O Bispo Dr. Stephan Ackermann anunciou a nomeação de uma nova comissão de historiadores para ocupar-se com o processo de beatificação do Padre José Kentenich. A razão, diz ele, é o fato de que após a abertura dos arquivos do Vaticano (agora até o final do pontificado do Papa Pio XII, em 1958), documentos, antes não acessíveis para a investigação diocesana no processo de beatificação do fundador do Movimento Apostólico de Schoenstatt, agora se encontram à disposição. Assim esclarece Ackermann, o bispo diocesano responsável pelo processo de beatificação, em 7 de julho, em Treves.

As normas atuais preveem tal comissão histórica para cada processo de beatificação. A nova Comissão se baseará nos resultados de uma anterior, que concluiu seu trabalho em 2007. A tarefa da nova Comissão de historiadores, cujos membros ainda serão nomeados, será, especialmente, reunir todos os documentos agora acessíveis do Arquivo do Vaticano, que de alguma forma dizem respeito a este processo de beatificação, e avaliar a sua importância. Estes documentos podem ser do próprio Pe. Kentenich ou referir-se a ele e a sua obra.

Será tarefa da Comissão também comparar o material recentemente encontrado com o já existente e avaliado pela comissão anterior. No final de seus trabalhos, a Comissão elaborará um relatório – incluindo os resultados da Comissão anterior – no qual constará uma declaração sobre a personalidade e a espiritualidade do Pe. José Kentenich.

O processo de beatificação do Padre José Kentenich foi aberto na Diocese de Treves em 10 de fevereiro de 1975, pelo Bispo Dr. Bernhard Stein, e ainda não foi concluído a nível diocesano.

Publicado no site da Diocese de Treves, em 7 de julho de 2020

Ver no site