15.04.2020

Para a vida diária … 04

de Ir. M. Renata Zürrlein, Deutschland

“Em geral, sentimos como hoje é de grande importância que tornemos todos os que nos são confiados interiormente resistentes.

De todos os lados se procura retirar-nos o cerne da personalidade. Se as correntes modernas nos inundam, faz-se tudo para nos alquebrar, a fim de nos tornarmos ‘escravos’. Por isso temos já de nos esforçar por oferecer resistência.

Pode ser que em todos os tempos seja difícil educar personalidades fortes. “Hoje, isto é o que há de mais essencial”.

04-08/09/1950


Impulso

Dependência escravizante é indigno da pessoa humana. Nós, homens e mulheres, nascemos para a liberdade. No entanto: o chocolate no armário, o smartphone na bolsa, esta série na televisão – sou realmente livre, de modo a poder deixá-los?

Todas as pessoas dizem isto e aquilo, e eu penso de maneira diferente – sou realmente livre para dizer a minha opinião?

Para o Padre Kentenich, a personalidade livre era o cerne da sua Pedagogia. Ser livre e tornar-se livre, a partir do íntimo do próprio ser!


Onde é que sinto em mim dependência?

Onde é que eu continuo a ceder sempre de novo a mim próprio?

Em que áreas posso ou gostaria de, como personalidade, continuar a crescer?