22.01.2020

Villa Maria Educare

de Ir. Ann-Marie Nicholas

“A chave para a educação é o amor e o respeito”. J.K.

Durante mais de 50 anos, as Irmãs de Maria da África do Sul sentem-se comprometidas com esta tarefa, recebida pelo Padre Kentenich. No dia 6 de dezembro de 2019, com grande alegria, festejaram o jubileu de ouro da “Villa Maria Educare”! Muitos anos antes da construção do Centro Educare, as Irmãs de Maria de Schoenstatt já se dedicaram à educação das crianças, na Cidade do Cabo. Hoje, as salas “Doctors Rooms On Kloof” ocupam o espaço, onde antigamente funcionava uma escola infantil com duas salas de aula.

Muitos pais esperam poder confiar os seus filhos ao acompanhamento pedagógico das Irmãs. Por isso, as Irmãs precisavam de uma sala maior e melhor equipada para crianças da pré-escola.

Confiantes em Deus e que receberiam os meios necessários, as Irmãs ousaram iniciar a construção do Jardim de Infância Villa Maria, como se chamava na época. Num artigo de uma revista sobre o projeto da nova escola, elas escreveram: “Um bom Jardim de Infância vai além dos cuidados básicos das crianças. Oferece um ambiente de qualidade, adaptado às necessidades intelectuais, sociais, emocionais e físicas dos pequeninos”.

Na pedra fundamental de Educare, lemos as palavras:

“A chave para a educação é o amor
e o respeito”.

– uma frase do Padre Kentenich, Fundador da Obra de Schoenstatt. Nos últimos 50 anos, estas palavras orientaram a educação das crianças e também deram forma à vida de muitas pessoas. Às vezes, “desconhecidas” se dirigem às Irmãs, pois eram alunas da nossa escola. Com alegria lembram os seus dias, na Villa Maria. Alguns chegam com os filhos para ver, se ainda existe a Villa Maria. Com entusiasmo compartilham as suas recordações da infância. Há pouco, um membro da paróquia disse que todos sabiam que os seus filhos estavam bem cuidados e, por isso, podem ir ao trabalho sem preocupações. Poucos dias antes, esta pessoa recebera uma mensagem de e-mail de outra senhora, residente na Itália, que lhe perguntara se poderia entrar em contato com a Irmã, que fora a sua professora e de quem guarda boas lembranças.

Hoje, as Irmãs não dão mais as aulas na escola, mas há uma equipe engajada de professoras que dirige a escola e acompanha as turmas. As professoras tomaram como meta favorecer e promover o desenvolvimento decisivo nos primeiros anos da vida. Villa Maria conta hoje com setenta crianças entre um e cinco anos. Apesar do grande número, as professoras conhecem cada criança não apenas pelo o nome, mas também com sua personalidade única. Cada faixa etária tem uma sala separada, com uma professora e uma assistente.

Durante a apresentação do presépio vivo deste ano, um casal falou para a Irmã que seu filho gosta tanto de ir a Villa Maria. Também hoje, as palavras do Padre Kentenich “a chave da educação é o amor e o respeito” ainda são praticadas.

Por ocasião da apresentação do presépio vivo, a escola festejou também o seu jubileu de ouro. Por meio dos cantos e das personagens da apresentação, as crianças conhecem o verdadeiro sentido da Celebração do Natal. Certa vez, uma Irmã passou na frente de uma das salas e escutou a pergunta de uma criança: “E quem é esta?” e a outra criança respondeu: “É a esposa de José!”

Durante a apresentação do presépio vivo, Ir. M. Joanne Petersen, Superiora Provincial das Irmãs de Maria de Schoenstatt, aproveitou a oportunidade para agradecer a Deus por todos os que, nos anos passados, se dedicaram às crianças e pela equipe atual de professoras na Villa Maria. Quando as crianças são confiadas a tais mãos, cheias de amor, o futuro se torna luminoso. A seguir, pais, crianças, amigos, Irmãs e colaboradores provaram o delicioso bolo jubilar. Em todo o lugar viam-se as faces radiantes e alegres das crianças, que se sentiram tão orgulhosas com a sua apresentação!