13.12.2019

Contemplar construção do presépio – 02

de Ir. M. Theresiana Berger

Do diário da Igreja da Adoração,
no Monte  Schoenstatt, Alemanha

Agora vamos começar a construir o estábulo.

Terça feira, 10 de dezembro

Primeiro colocamos uma folha preta, para ser vist como o interior do estábulo.

Um apoio firme é particularmente importante aqui: Primeiro, a parede traseira e a parede lateral esquerda são montadas e parafusadas.

Em seguida, seguem a parede do lado direito e a parte da frente.

… e finalmente o telhado. As peças individuais são penduradas em dobradiças. Agora já se pode claramente reconhecer o estábulo. O acesso para o telhado é facil e, imediatamente, a palha e o feno são armazenados.

… no teto são colocados feno e palha. Também se ergue o puleiro das galinhas. Agora, podemos começar com os enfeites.

Agora é colocado o poço de desenho está inserido e, como todos os anos, a lenha é colocada atrás do estábulo.

Por hoje encerro por aqui, mas ainda não acabou. Terminou a bateria de minha câmara. Mas, o galinheiro ficou pronto e já entraram as galinhas e os gansos …

 Quarta feira 11 de dezembro

Esta é a visão que temos nesta manhã, quando começamos o nosso trabalho: A parte de trás do estábulo já está pronta. Galinhas e gansos já se mudaram para o estábulo. Agora a Montanha está pronta e começamos com o percurso da água. Demora um pouco, mas, espiritualamente, já ouvimos o murmurar da água. Mãos aplicadas continuaram a enfeitar os outros lados da gruta, com musgos e lascas de lenha.

O tamanho do  berço está bom e mãos aplicadas continuaram a enfeitar os outros lados da gruta, com musgos e lascas de lenha.

“Todos podem vir ao Menino Jesus”, assim cantamos novamente no Natal. Mas, para isto não pode faltar a escolha do caminho certo – uma parte dele é feita com lasquinhas de madeira e a outra, com pedrinhas.

Assim, aos poucos, cresce em nós as prévias alegrias do natal – e também a alegria com a visita dos peregrinos, que trarão muitas crianças e seus familiares até o presépio.