23.10.2018

Por que não ir para as ruas?

de Irmã M. Gertrud Foemer

O “Caminho-Padre-Kentenich” é o caminho da vida do Padre Kentenich

“Por que não ir para as ruas?” é a reação espontânea da 10ª turma de alunas da Escola de Maria de Schoenstatt, em Borken/Alemanha, ao receberem a proposta de organizar uma exposição, pela celebração dos 50 anos da morte do Padre Kentenich.

Ao lado da escola está o Caminho-Padre-Kentenich, um trecho de estrada, utilizado por muitos pedestres e ciclistas, que encurta o caminho para chegar até a cidade de Borken. Em 15 de setembro de 2018, esse trecho deve ser também um itinerário para conhecer a vida do Padre Kentenich, Fundador do Movimento Apostólico de Schoenstatt, que deu o nome a este caminho.

As estudantes elaboram, com grande aplicação, sete estações, com conteúdos extraídos da biografia do Padre Kentenich e fazem um design criativo: Na linha do tempo, ao lado de um breve texto de informação,  colocam fotos marcantes de sua existência. Algumas jovens configuram faixas de dois metros, que são penduradas no início e no fim da estrada.

Para elas é importante saber se, em seus arredores, ainda há pessoas que conheceram o Padre Kentenich, enquanto ele vivia. Duas docentes de nossa escola, que como crianças se encontraram com o Fundador do Movimento de Schoenstatt, relatam para elas sobre essa vivência.

Após o dia 15, elas comentam sobre a reação da comunidade. Uma aluna diz: “Na sexta feira, eu vi várias mães e crianças, contemplando os nossos painéis. Valeu a pena sair com o nosso trabalho escolar para a  rua.”