11.10.2018

“A partir do céu”

de Irmã M. Elizabeth Foley

Ao ser chamado para a eternidade, Padre Kentenich cumpriu a promessa que havia feito para nós: Visitar-nos na Austrália , “a partir do céu”. Durante cinquenta anos, esta promessa nos acompanha.

Em gratidão pela condução do Padre Kentenich e pela ocasião do 50º aniversário de seu falecimento, a Família de Schoenstatt, no oeste da Austrália, decidiu inserir um diamante na corona da Mater ter Admirabilis, no santuário, como

Um sinal da presença permanente de nosso Pai.

Durante os nove meses de preparação, todos procuraram tomar mais consciência de sua presença. Um grupo, buscou a inspiração para sua vida, nas virtudes do Pe. José Kentenich – radiantes como um diamante: amor misericordioso, alegria, humildade, bondade, lealdade, entrega a Deus, pureza, veracidade, generosidade. Esta aspiração despertou muita criatividade e trouxe um clima de alegria e benevolência mútua. Outros grupos estudaram textos biográficos sobre o Padre Kentenich, que os levou a se relacionarem mais com ele, na vida diária.

O precioso diamante, doado por um casal, foi inserido na coroa que foi novamente oferecida a Maria, pelo bispo emérito Dom Hickey, durante a celebração do 15 de setembro.

“Agora, quando vamos ao santuário”, comentou um casal, “e vemos o diamante, sabemos que o Pe. Kentenich está presente aqui, assim como afirmou muitas vezes:

‘Quem me procura, sempre me encontra no santuário.’

O pequeno diamante na coroa nos confirma também a certeza de que sua promessa se tornou realidade: ‘A partir do céu’, estou na Austrália.

Ele está presente e não nos deixa sozinhos”.