26.06.2018

O mundo está em chamas

de Ir. M. Annjetta Hirscher

RosÁrio LUMINOSO NA Liebfrauenhöhe

APRESENTAR A DEUS AS NOSSAS INTENÇÕES

“O mundo está em chamas – e eu também tenho muitas intenções”, diz a senhora B. quando chega para rezar o terço luminoso. Muitos outros, mais de sessenta orantes, que vem para participar do Rosário luminoso na Liebfrauenhöhe, sentem a mesma coisa. Inclusive chegam pessoas de Munique para passar esta tarde aqui. Todos têm a mesma intenção: levar até Deus, em comunidade, os seus problemas e as suas preocupações como também a gratidão e a alegria.

Obrigado, porque tudo SE TRANSFORMOU para o bem

Antes de cada “Ave Maria”, cada pessoa acende uma velinha e presenteia uma rosa a Maria. “Maria Santíssima, te peço que concedas a paz entre os povos e nações – e dê a paz aos nossos corações”. – “Obrigado porque em minha vida muitas coisas mudaram para o bem”.  – “Obrigada, querida Mãe, porque sempre podemos recorrer a ti, e tu velas por nós” Desta maneira e também com outras palavras se mencionam as intenções. Olhando com confiança a imagem de Maria, muitos apresentam as suas intenções silêncio diante de Deus. Assim cria-se uma atmosfera de oração bem intensa.

as rosas FALAM

Bem conscientemente, as rosas são levadas, no final do terço luminoso, para o Santuário. “Agora as rosas falam por mim!” diz a senhora R. As rosas falam a Maria das muitas intenções dos diversos participantes. E falam às pessoas, no Santuário, da confiança em Maria. Para as Irmãs de Maria, ambos os ramalhetes de rosas coloridas, no Santuário, mês após mês, as faze recordar das muitas intenções pelas quais elas rezam.

AGORA É O MOMENTO

“Sabe, o café da tarde, é tão importante como a reza do terço”, diz o senhor S., que sempre traz alegria e entretenimentos quando estão à mesa. “Faz tão bem a gente se reunir com essas pessoas. É tão bom que depois nos reunimos ao redor da mesa e conversamos. “Eu estou sozinha em casa”, diz uma senhora. Realmente, durante o café acontecem belos diálogos. “Não rezei por mim mesma, mas por nossos jovens”, falou uma senhora que veio pela primeira vez na reza do terço luminoso. O casal F. informa os peregrinos sobre a programação do dia do Padre Kentenich. “Já faz seis anos que participamos da reza do terço luminoso, mais ainda não estivemos em Schoenstatt. Agora, chegou a hora”.  Eles preenchem a inscrição para a peregrinação e recebem os últimos dois lugares no ônibus que partirá da Liebfrauenhöhe para Schoenstatt, para o dia do P. Kentenich.

NÃO POSSO reproduZir coM palaVras O QUANTO ESTOU FELIZ

“Não posso reproduzir em palavras como eu me sinto, o quanto estou contente ”, diz uma senhora de Thalheim, que foi convidada por uma conhecida para participar da reza do Rosário luminoso e veio pela primeira vez. “Vou contar isso para as minhas filhas, para que elas também venham”.

Os rostos sorridentes, no final da tarde, revelam que os participantes regressam felizes às suas casas e com nova força para viver a vida cotidiana.