25.01.2018

“Por uma nova terra mariana!”

de Ir. M. Nilza Pereira da Silva, Brasil

Essa frase impulsiona a vida do Movimento Apostólico de Schoenstatt no Brasil – Unidos ao Pai e Profeta, por uma nova terra mariana – e ilumina o trabalho das 43 Irmãs de Maria, reunidas em Atibaia/SP, na Casa Schoenstatt-Tabor, de 29 de dezembro a 15 de janeiro de 2018, para formação, oração e planejamentos.

Atmosfera familiar

A “Assistência Dinâmica”, como é chamado o círculo das Irmãs cuja tarefa diária é totalmente dedicada aos Ramos do Movimento, divide os espaços da casa com a União Feminina, em seu retiro anual, e o Instituto de Famílias, ambos da Obra de Schoenstatt, que com o burburinho de suas crianças torna ainda mais alegres esses dias.

Avaliação e novos impulsos

Ir. M. Diná Batista de Souza, assistente das Irmãs, diz que além de avaliar o trabalho no ano que passou, o grupo também tem “tempo de formação e estudo sobre o carisma do nosso Pai e Fundador, para se preparar para o ano que começou.”

Em todos os espaços há grupos de Irmãs trabalhando em equipes, discutindo sobre temas ou trocando experiências. Os momentos de orações comunitárias e recreios ajudam a estreitar a unidade e animar ainda mais para a missão.

Atingir as correntes de vida

As Irmãs atuam em 14 Estados do Brasil e abrangem milhões de pessoas pelos Ramos femininos, Liga de Famílias e a Campanha da Mãe Peregrina.

“A importância desses dias é que posso ter mais perspectivas para o trabalho, podemos planejar e preparar materiais juntas, a fim de que o nosso trabalho seja unido e atinja as correntes de vida deste ano: Ano Padre Kentenich e Ano do Laicato, no Brasil,” afirma Ir. M. Patrícia Lemes.­­­­­