16.12.2017

A semente brotou

de Ir. M. Clara Bellomo / Ir. M. Adela Acetto, Argentina

Em 18 de outubro de 2017 o Colégio Mater ter admirabilis das Irmãs de Maria de Schoenstatt em Buenos Aires comemorou o jubileu de 40 anos de fundação. Todo o ano letivo já foi marcado por um clima festivo. A culminância foram as festividades em outubro: no dia 18 de outubro uma solene celebração eucarística em gratidão e no dia 21 de outubro um encontro de alunos, pais, professores, finalistas e amigos do Colégio como “Familia Mater” (Familia da Mãe de Deus) em uma celebração cultural e um jantar festivo.

Preparação dos corações

Nos meses que antecederam a grande celebração realizou-se no Colégio um projeto de artes denominado “Los Rincones del Mater” (Os cantos do Colégio de Maria). Todas as turmas, dos dois anos de idade aos finalistas do secundário criaram trabalhos artísticos sobre um “canto” típico de nosso Colégio, por exemplo, o eremitério no pátio, o campo de esportes, a capela ou o refeitório. Desta forma, cada canto do Colégio recebeu uma decoração festiva em preparação às festividades. No dia 18 de outubro não estavam somente preparados os espaços, mas o Colégio e os alunos se haviam unido mais estreitamente.

As alunas do primeiro ano do secundário apresentaram o projeto sobre a história do Colégio que haviam preparado com sua professora ao longo de meses de estudo e pesquisas. O olhar ao passado permitiu descobrir as conduções de Deus que realiza nosso ideal através de valiosos instrumentos: Como “Familia Mater” ser fonte que fortalece novas personalidades para o mundo e conduz ao Pai celeste. Com gratidão podemos dizer que o Colégio é fruto das sementes que muitas personalidades deste tipo lançaram durante 40 anos no silêncio e num vigoroso sacrificar.

A “Familia Mater” celebra…

No dia 18 de outubro, após a santa missa os alunos do quinto ano do secundário entregaram aos alunos do segundo ano uma cápsula contendo uma mensagem a eles dirigida. Ela será aberta em 2027, ano do jubileu de ouro do Colégio, em que esses alunos serão os finalistas. Expressaram assim sua consciência de responsabilidade e seu empenho pelas gerações futuras.

No sábado, 21 de outubro foi apresentada uma peça musical composta por ocasião do centenário de nascimento de nosso Pai e Fundador. Mais de 1000 pessoas assistiram às três apresentações que se realizaram durante o dia. O espetáculo permitiu reconhecer o entrelaçamento profundo entre a vida do Padre Kentenich e a história do Colégio. Foi ele que entre 1948 e 1952 conscientizou as irmãs na Argentina da necessidade de terem um Colégio nesta grande cidade: O Colégio surgiu do seu desejo.

Novo lema do Colégio: Ser semente para o futuro

Todos os preparativos e a celebração em si foram marcados por uma colaboração positiva entre professores, sacerdotes e irmãs, alunos, pais e antigos alunos. É uma grande alegria constatar como a pedagogia do Padre Kentenich marca a vida do Colégio e a que ponto a semente lançada por muitas irmãs de Maria que ao longo dos anos passados atuaram na direção do Colégio ou como professoras brotou. O lema do Colégio deste ano deve ser entendido inteiramente neste sentido: “Seguindo os teus passos, decidimos hoje a ser semente para o futuro”.