28.10.2020

Referente ao artigo de Felix Neumann em katholisch.de, publicado em 26.10.2020

de Instituto Secular das Irmãs de Maria de Schoenstatt

 

Instituto Secular das Irmãs de Maria de Schoenstatt
Referente ao artigo de Felix Neumann em katholisch.de, publicado em 26.10.2020:
Kentenich e as suas irmãs: “O Pai pode fazer isso“

O artigo publicado em katholisch.de anuncia a publicação de uma “coletânea de documentos“ por Alexandra von Teuffenbach para a qual ela utiliza material do arquivo dos palotinos em  Limburgo. Deve seguir uma segunda coletânea de documentos na qual serão publicados, sobretudo, extratos de documentação vaticana.

O redator F. Neumann apresenta no seu artigo o objetivo da autora de “provar as suas acusações de abuso contra Kentenich com base em documenos“ e escolhe alguns exemplos da anunciada publicação do livro. Em resumo: Padre Kentenich não é de nenhuma forma desonerado. As declarações de diversas testemunhas, feitas em parte sob juramento, confirmam, pelo contrário, abuso de poder, culto da pessoa e, em um caso, abuso sexual.

Como já foi constatado nas publicações anteriores desde julho de 2020, Alexandra von Teuffenbach baseia suas acusações em dados de arquivo que documentam unilateralmente a época histórica da visitação de Schoenstatt por parte da Igreja, ou são claramente  escolhidos e interpretados pela autora de forma unilateral, a fim de apoiarem as suas acusações.

Declarações, mesmo quando arquivadas, ainda não representam fatos. A credibilidade de declarações, bem como os possíveis motivos que levaram a uma declaração, exigem uma investigação exaustiva. Uma investigação histórica aprofundada deve ter em conta os diferentes aspectos e perspectivas, bem como o contexto geral, antes de proceder a uma avaliação. A presente documentação carece desta abordagem.

O nosso Instituto está ativamente envolvido, juntamente com outras comunidades de Schoenstatt, no processamento histórico dos documentos. A Comissão de Historiadores anunciada pela Diocese de Treves levará a cabo um trabalho de investigação no nível do processo de beatificação.

Rejeitamos novamente a acusação tanto de abuso de poder bem como de um caso de abuso sexual, afirmado pela autora. Já nos posicionamos em relação ao assunto.

https://www.s-ms.org/pt-br/2020/07/04/posicionamento-em-relacao-as-acusacoes-de-abuso-contra-o-p-jose-kentenich-2/

Berg Schönstatt, 28. Oktober 2020

 

Em PDF