13.10.2018

As grandes festas projetam seu resplendor …

de Irmã M. Andrea Lisdat

Impressões alemãs-francesas

Sem ter esperado, as Irmãs Julia-Maria e eu recebemos um convite muito especial: José Engling nos chama a Cambrai para a ajudar na preparação dos seus 100 anos de seu falecimento!

Partimos de carro, pela manhã do dia 1° de outubro, levando muitas coisas de que precisávamos. A casa de Schoenstatt e o santuário nos esperavam – e naturalmente José Engling e todos os grupos e visitantes que viriam. Estamos muito motivadas para ajudar em tudo o que é possível para este evento único.

No vídeo, gostaríamos de relembrar algumas das muitas impressões complementam as informações.

Quando chegamos, já havia muita vida e atividade em torno do santuário. Nos dias que antecederam o 4 de outubro, muitos voluntários trabalham na “Equipe de Josef Engling”, de modo que o santuário, a casa e o terreno “brilham” pela ordem e limpeza, e todos se esforçam para que todas as tarefas sejam realizadas em tempo, que a conexão com a internet seja suficientemente boa para as transmissões, que a tenda para as celebrações esteja montada, que estejam preparados os textos dos cantos e muito mais. Também durante os dias das celebrações, os membros da Equipe trabalham incansavelmente. É impressionante a aplicação e os rostos sempre alegres – mesmo quando acontece algum apuro ou insegurança devido a algum imprevisto.

Os arranjos de flores, no santuário e na tenda da celebração, falam por si mesmos: três senhoras os prepararam conosco. As senhoras querem se encarregar agora em diante da ornamentação com flores no local, por isso, aproveitam a oportunidade para trocar ideias conosco. Temos à disposição muitas belas flores: lírios brancos e rosas amarelas. Foi um lindo trabalho em comum!

E isto não apenas durante a preparação, mas também durante os dias festivos. A tenda precisa ser adaptada nestes dias, pois serve tanto para as celebrações litúrgicas como para as refeições dos peregrinos. Muitas mãos, com uma competente coordenação, cuidam que os peregrinos tenham uma bela festa. Não faltam também as crianças e os bebês, enquanto seus pais trabalham nas equipes. Deste modo, este jubileu de 100 anos de José Engling, na França, se tornou para muitos “a sua festa” e Maria atraiu para si muitos corações.

Participa também um grupo francês das Apóstolas de Maria, que cantam: “C’est un beau lieu” – “Este é um lindo lugar”. Elas preparam um local para vendas de alimentos e de lembranças. Essas meninas já estiveram duas vezes em Schoenstatt e seus corações se incendeiam pela missão da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt!

Houve um interesse especial, tanto dos voluntários como do coro da catedral, em aprender o hino de Schoenstatt: “Ó Virgem Protetora”. Nas grandes celebrações eucarísticas, ele é entoado, em francês, várias vezes.

As vivências em Cambrai, especialmente o trilhar o “caminho da morte” e o encontro com tantas pessoas, me presentearam um amor profundo e alegria, uma maior proximidade com José Engling.

Que Schoenstatt na França continue crescendo em número e profundidade!